Arquivo mensal: maio 2012

DILMA, VETA LOGO, UAI!

Padrão

Todo mundo tem acompanhado a palhaçada (desculpe a palavra, mas é a única que cabe aqui) que é este novo Código Florestal, que de “florestal” nada tem e deveria se chamar Código RURAL!

Além de perdoar desmatadores, abre uma enorme brecha para que maiores áreas sejam destruídas, inclusive as matas ciliares, que protegem os rios de desmoronamentos de terra.

O Brasil poderia duplicar sua produção de comida somente com as áreas que já estão “limpas”. Então pra que desmatar mais?!?! Ora… só pode ser para favorecer os grandes proprietários de terra, já que até os pequenos agricultores são CONTRA o novo Código Florestal.

Se você também é CONTRA o Novo Código Florestal e acha que a presidenta Dilma deve vetar este projeto de lei (conforme ela mesma prometeu em campanha), assine aqui, na página do Greenpeace.

Ganhei um abajur de MDF do João Marcos nesse fim de semana e, inspirada no veto do Código Florestal, fiz um abajur-árvore em homenagem:

Imagem

Tem mais informação no blog Papo de Viralata. Visite-o!

Inté!…

RECICLAGEM, O RETORNO!

Padrão

Conforme prometido na última postagem, e com as dicas da super artesã Maria Teperino, transformei a blusa-cama da Mafalda em uma caminha de verdade! O mais legal dessa técnica é que além de ser fácil, recicla blusas e moletons velhos e você ainda pode ajudar um abrigo de cães e gatos de sua cidade doando as caminhas.

O passo a passo (postado pela Maria Teperino) você encontra aqui. Você também pode comprar uma caminha pronta para ajudar o abrigo “Gato Uai” de BH!

ANTES:

Imagem

DEPOIS:

Imagem

Imagem

O sono tava bãããão….

Imagem

Rolou até um banho….

Inté!

ARTESANATO – RECICLANDO E PERSONALIZANDO

Padrão

Acho que entrei na onda de reciclar mesmo!

Peguei um gaveteiro de plástico antigo, que ficava no banheiro (de tão impessoal que era) e o transformei num criado-mudo para o meu quarto. Gastei:

– 1,5 metro de chita;

– 0,5 metro de tecido liso verde;

– cola Cascorez;

– termolina leitosa para impermeabilizar;

– uma tarde de trabalho.

Não ficou em mais que 25 reais!

Taí o resultado:

Imagem

Com o restinho da chita, transformei uma garrafinha de vinho (aquelas que vêm uma taça) em um castiçal:

Aproveitei a “onda” e reciclei a agenda de telefones da minha avó, que estava quase tão velhinha quanto a Estrada Real. Fiz uma nova capa pra ela com feltro, tecido colorido, um botão e um pouco de cola quente.

E o resultado foi esse:

Imagem

Tem mais reciclados vindo por aí!

Acho que a “blusa-cama” da Mafalda também está precisando de uma reciclagem… Aguardem!

Imagem

ARTESANATO – PARTE II

Padrão

Vou postar mais umas coisinhas que andei fazendo…

Como falei no post anterior, esse trem de artesanato vicia!!!

Aí vai:

Imagem

Estes são porta copos feitos de feltro…

Imagem

E estas corujas (e o pintinho perdido aí no meio) além de servirem como chaveiros, protegem as chaves quando a gente as joga dentro da bolsa…

Imagem

O vasinho foi coberto com filtro de café usado e, para dar um toque, um passarinho de feltro feito pela minha irmãzinha Elis.

Imagem

Até a Mafalda curtiu os feltros…

Inté!

ARTESANATO SUSTENTÁVEL

Padrão

Olá pessoal.

Hoje vou postar algumas coisinhas que tenho feito para reciclar objetos que há tempos estavam parados aqui em casa… A minha ginástica mental neste tempo em que estou “de molho” tem sido esta e, confesso, viciei!

Espero que gostem e que os inspire a CRIAR e RECICLAR!

Imagem

Eu ouço vinil até hoje e adoro, mas este era um disco da minha infância, de histórias infantis, que eu nunca mais ouvi. Então transformei-o em um relógio.

Imagem

Este arranjo de sal grosso, pimenta e canela eu fiz em uma metade de bola de isopor revestida com coador de café de papel usado.

Imagem

Ainda com pedaços de coador de café usado, fiz esta caixa para dar de presente.

Imagem

Já que eu reciclei um vinil, por que não reciclar CDs, né? Com pedacinhos de feltro, linha e agulha, este virou um enfeite de porta.

Aguardem que ainda tem mais post de artesanato reciclado!

Inté!