Arquivo mensal: fevereiro 2012

“MESTRE DIANA” (JOÃO MARCOS VEIGA)

Vídeo

Letra e música compostas por João Marcos Veiga.
No subtítulo do blog Guia Instinto Verde está um pedaço desta música, que fala um pouco do amor que eu sinto pelos animais.

Onde se esconde minha menina

Rompeu montanhas,mirou sua sina

E na pele rente ao pelo achou um segredo

Que no quintal existe um tal que traz nas mãos um lampião

Na minha estrada não ando sozinha, sou rio, sou vinho do amor

Na minha ilha sou muitas, sou filha, sou mãe, refaço essa trilha

E a minha casa é o início, o fim, encontro o mundo em mim

Olho no olho do irracional

Ali tem a chama, eu vi o coral

Sob as cordas e o canto buscou uma aurora

No quarto chove o sol do sul

Que eu tenha sorte, estou indo ao norte

Na minha fazenda não tiro a vida, me entenda, eu curo essa dor

Na minha herança te deixo o verde da água, sou chama da sede

Na minha lagoa cultivo um jardim, sou talismã sem fim onde a alma ressoa

Ser mestre, me teste, me leve, flutua

Na lua sou sua varanda, anda (estrela)

VIVA RITA LEE!

Padrão

Rita Lee, sempre impagável, botou ordem no terreiro em seu último show, na cidade de Aracajú (Sergipe) dia 28/01/12. Enquanto os policiais revistavam os fãs da cantora, ela notou que eles abusavam de força e agressões. Sem pensar duas vezes, falou ao microfone que eles (os policiais) deveriam deixá-la fazer seu show, que se eles estavam procurando baseados, iriam encontrar, e também muita alegria. “Isso é força brutal. Vocês não têm o direito de usar a força na meninada que não está fazendo nada. Eu sou do tempo da ditadura. Pensam que eu tenho medo?…”. Terminou chamando os policiais de “cavalos”, “filhos da puta” e acabou sendo presa por “desacato e apologia ao crime ou ao criminoso“. No dia seguine, em seu Twitter, ela postou: “Não deu pra segurar, explodi. Por 3 vezes pedi. Não consegui. Invasão truculenta, platéia refém do Louco. Meu dragão reagiu. Vomitei fogo”.

Não é de hoje que sou fã dessa pessoa extremamente talentosa, desbocada e autêntica. Rita, além de ser a melhor compositora e cantora do rock nacional, não tem medo (nem papas na língua) de defender seus ideiais. E uma pessoa que, além de artista brilhante, defende suas atitudes e pensamentos como só ela faz, deve ser respeitada e valorizada ainda mais!

Toda esta história me fez lembrar de sua campanha contra rodeios, este “esporte” hediondo, como ela mesma diz. No site www.vegetarianismo.com.br ela escreve: “Não sou uma ET, mas fico indignada sempre que os terráqueos desrespeitam os outros três reinos do Planeta: o mineral, o vegetal e o animal. A tal da imagem e semelhança de Deus conferida à raça humana é uma piada…” (clique aqui para ver o texto completo).

E, para terminar este breve post dando meu total apoio à esta guerreira pelas boas causas, Rita Lee, sugiro que assistam ao vídeo da música Odeio Rodeio (que fala TUDO!) composta pelo grande Chico César em homenagem à “Santa Rita de Sampa”:

HOMEM: GEOCIDA

Padrão

A espécie homo que é simultaneamente sapiens (inteligente) e demens (demente), mostra que pode ser homicida (que mata homens), etnocida (mata etnias), ecocida (mata ecossistemas), biocida (mata espécies vivas) e, tragicamente, geocida (mata a Terra).

Leonardo Boff

Como todos devem ter visto ontem (dia 31/01/12) nos noticiários, aconteceu um vazamento de gás tóxico em uma unidade de curtume da empresa Marfrig localizada no município de Bataguassu (Estado do Mato Grosso do Sul). Ao abastecer um tanque do curtume com uma substância química utilizada para retirar pelos do couro de bovinos, o funcionário responsável notou que uma nuvem de gás se formou e, imediatamente, 4 trabalhadores que estavam próximos ao local desmaiaram e acabaram morrendo, 11 estão internados, sendo que 3 destes estão em coma induzido.

Esta notícia nos leva a pensar e refletir sobre a responsabilidade que nós, homens, temos ao modificar e explorar tanto o nosso meio ambiente. Além de exterminarmos animais e plantas ao longo dos séculos, criamos espécies transgênicas e poluímos quase todas as nossas fontes de água e solo, principalmente, pelo uso de pesticidas agrícolas e componentes químicos como os utilizados em curtumes. Hoje já se sabe que o setor industrial é a principal e a mais diversificada fonte de introdução de metais pesados no meio aquático, seja pela negligência no tratamento de seus rejeitos, seja por acidentes e descuidos, como o ocorrido em Bataguassu. Além disso, as plantações de milho e de soja – as fontes de alimento mais utilizadas em criações de gado – são as maiores consumidoras de adubos químicos, de pesticidas e de água, contribuindo em grande parte para a deterioração do meio ambiente. A maioria dos poluentes despejados nos rios por curtumes e plantações, que também acabam chegando ao mar, é considerada “persistente”, ou seja, nunca se decompõe e acaba, literalmente, dando a volta no planeta e se acumulando no fundo de rios e oceanos. Os homens e animais acabam ingerindo estes produtos na água e estes são biocumulativos e lipossolúveis, ou seja, se acumulam na gordura de nosso corpo e na destes animais. Ao consumirmos estes animais, teremos mais uma forma de nos contaminar. Podemos afirmar que os nossos modos de produção e de consumo destroem o Planeta.

Interessante é que o grupo Marfrig, dono da marca Seara e do curtume no qual ocorreu o incidente, deve se tornar a maior processadora de carnes do mundo em 2012. O grupo ainda possui fábricas na Argentina, Chile, México, Uruguai, Estados Unidos, França, Holanda, Reino Unido, África do Sul, Austrália, China, Coreia do Sul e Tailândia.

É preciso que estas empresas e que todos nós lembremos que não só VIVEMOS na Terra, como SOMOS a Terra. Além disso, não estamos sozinhos nela, e os nossos atos têm influência direta sobre todos os seres deste Planeta.

“E porque somos da Terra não haverá para nós céu sem Terra” (Leonardo Boff)

Fontes consultadas:

Boff, Leonardo. A opção Terra – a solução para a Terra não cai do céu. Editora Record, 222 p., 2009.

Jordão, Cláudio Pereira et al. Contaminação por crômio de águas de rios proveniente de curtumes em Minas Gerais. Departamento de Química da Universidade Federal de Viçosa, 1998.

http://midianews.com.br/?pg=noticias&cat=8&idnot=76349

http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2012/02/emocao-marca-enterro-de-2-vitimas-de-intoxicacao-em-curtume-de-ms.html

http://www.hojems.com.br/hojems/0,0,00,1549-117920-DOS+28+INTOXICADOS+EM+CURTUME+DE+MS+11+PERMANECEM+INTERNADOS.htm